MARIO SERGIO SPERETTA
   



BRASIL, Sudeste, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, Livros, Esportes
MSN -
   
Histórico
Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
SPERETTA ADVOGADOS ASSOCIADOS
Blog S

Votação
Dê uma nota para meu blog

 


NAS ESTRELINHAS DA VIDA, A MALDADE...

Os dias passam rapidamente. E quando temos a oportunidade de refletir, infelizmente passamos por aqueles momentos de repensar na vida. No filme pensamos nas coisas boas que vivenciamos. E também nas ruinas, ou seja, quanto tempo desperdiçamos tentando dar amor e alegrias a quem estava ao nosso lado e convivio. Dedicação, carinho, respeito, cuidados, e inclusive mexendo no bolso para presentear e dar do bom e do melhor. Muitas vezes ao pai, mãe e filhos. Depois, um dia lá na frente, vem a decepção. A gente acaba descobrindo o quanto foi enganado, ludibriado, vítima de mentiras e mais mentiras. Viveu-se uma ilusão e que agora transforma-se em experiência de vida.

Ela, a vida é engraçada, porque a gente confia, tem consciência de que é amado, e depois descobre coisas horríveis e que te flecham o coração. Ferem porque você se doou, achou que estava fazendo o bem, compartilhando suas alegrias e tristezas ao lado da pessoa e, no final, o dissabor e um certo arrependimento de ter sido um tolo e de, um dia tê-la conhecido. E mais quando se descobre que foi traído, traído não só por mentiras e injúrias, como também pelo tormentoso pesadelo da traição extraconjugal. Diga-se que o melhor mesmo é ter a consciência tranquila, não escondendo nada de ninguém e melhor, um livro com suas páginas abertas. O bom mesmo é que lá em cima tem um Ser Superior e que olha por todos nós aqui. Ele prega e dá olhos para que seus filhos não errem, não se envolvam com maldades e traições. Ele até se serve de instrumentos para te orientar e do seu lado direito, tem o seu anjo da guarda que lhe diz: não faça isso!. Mas do outro lado é o diabo que diz: faça, vai em frente! E o melhor de tudo é que o tempo cura, cobre as feridas que se cicatrizam, pelo menos para você que foi vítima. Agora, que aquela pessoa esteja aonde estiver hoje, por certo continuará sempre caindo nos mesmos erros, prejudicando os outros, pois galho torto não endireita, nem árvore, quanto mais um ser que nasceu para ser cobra e felina sem perdoar e ter dó de quem lhe devota amor e carinho. Não dá nem respeito.



Escrito por Mário Sergio - Speretta às 11h06
[] [envie esta mensagem] []


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]